backzionism3.jpg

– Israel diz mentiras para convencer o judeu a ir morar lá;

– Israel aterroriza o judeu dizendo que a Humanidade o odeia e o quer destruído e a única salvação é apoiar Israel cegamente e incondicionalmente, sem pensar;

– Israel usa a superstição dizendo que o judeu só será feliz DE VERDADE estando em Israel, casando em Israel, dando uma passadinha em Israel, dando uma trabalhadinha num ‘kibbutz’ (colônia agrícola) de Israel, mandando um dindin pra Israel, etc.

Só se fica perto de Deus estando no Estado de Israel.

– Israel exclui a possibilidade de auto-realização e felicidade do judeu fora da esfera de Israel, a leitura abençoada do visorzinho de cristal líquido do GPS.

– Israel diz que o país em que o judeu está não tem futuro e é ruim. Eis uma típica frase de propaganda de Israel:
“O Brasil não tem futuro. Vá para Israel.”, ou

“[digite aqui um nome de país] não é a sua casa. Vá para Israel.”.

– Israel explode uma bombinha ou acende um foguinho de vez em quando para dar um sustinho na judiaria, lembrando-a de que fora de Israel há a insegurança;

bac34534.jpg

A Resulação 3291-C, enumera os crimes comprovados de Israel nos territóris ocupados (práticas que repetem o PADRÃO estabelecido na ocupação das áreas palestinas no período 1948-67 e que se mantém até hoje). Segundo este documento, a Assembléia Geral da ONU condena as seguintes práticas e políticas israelenses:

a) A anexação de parte dos territórios ocupados;
b) O estabelecimento de assentamentos israelenses nesses territórios e a transferência de uma população estrangeira para ali;
c) A evacuação, deportação, expulsão, deslocamento e transferência de habitantes árabes dos territórios ocupados e a negação de seu direito de retorno;
d) A confiscação e expropiação de propriedade árabe nos territórios ocupados e todas as outras transações para a quisição de terra envolvendo autoridades, instituições ou cidadãos israelenses por uma parte, e os habitantes ou instituições dos territórios ocupados de outra;
e) A destruição e demolição de casas árabes;
f) Prisões em massa, detenção administrativa e maus tratos à população árabe;
g) A tortura e maus tratos de pessoas detidas;
h) A pilhagem de propriedade arqueológica e cultural;
i) A interferência nas práticas e liberdades religiosas assim como direitos e costumes de família;
j) A exploração ilegal das riquezas naturais e da população dos territórios ocupados;

Trocando em miúdos… Israel é um Estado criminoso:

Expansionista (item a, b, j, d)
Ladrão (Itens h, j, d)
Anti-humano (itens f, g)
Anti-democrático (itens i, f)

Estas são apenas algumas das atrocidades cometidas por Israel o que vem corroborar seu caráter racista, imoral e ilegal perante as Nações Unidas.

Entendendo certos termos

novembro 3, 2007

 

Você nunca saberá toda a Verdade…
os judeus estão vivos e a cada dia nova desgraça acontecerá !

sio677.jpg

Leia o resto deste post »